29.05.2018

Tendência para o Dia dos Namorados: Geração Y quer personalizar o presente

Sabe como é o namorado da Geração Y (nascidos entre 1980 e 1990)? São casais que valorizam a experiência, preferem programas caseiros e são consumidores “prosumer”. Ou seja, eles querem criar e produzir junto, atuando como co-produtores das marcas.

No varejo, essas pessoas compram tudo o que precisam para customizar e personalizar o presente o Dia dos Namorados. Essa tendência foi evidenciada pela pesquisa de intenção de compra para a data encomendada pelo Sindilojas Porto Alegre e CDL POA.

O estudo revelou que quando o consumo é em casal a preferência é por programas caseiros e presentes que demostrem o esforço pessoal de torná-lo único. Os casais estão dispostos a gastar entre R$ 70 e R$ 200 somente com o presente, mas contando todas as experiências do Dia dos Namorados os gastos podem chegar a R$ 600.

Fonte: Sindilojas Porto Alegre